3 - O pecado e suas consequências

09/04/2015 21:05

Texto:

(GN 2:17) "Mas da árvore do conhecimento do bem e do mal, dela não comerás (vontade declarada); porque no dia  em que dela comeres (livre arbítrio), certamente morrerás (conseqüência)."

O que é pecado?

O pecado é o descumprimento voluntário e consciente da vontade declarada de Deus.

Pelo texto já se observa a vontade de Deus manifestada ao homem que, embora fosse uma ordenança de Deus, nada impedia o homem de não respeitá-la. Porém, se o fizesse, o castigo pela desobediência já estava definido – morrerás. Portanto, tem-se que Deus deixa bem claro ao homem:

a)    sua vontade – obediência à sua palavra – expressa, clara e bem definida;

b)    o livre arbítrio – a liberdade de escolha foi dada ao homem, pois fora criado para viver, desfrutar de todo o bem, dominar sobre todas as coisas e para ser livre;

c)    a conseqüência da desobediência (pecado) – a morte.

De igual modo, o mesmo processo está válido para os dias de hoje. Deus manifesta a sua vontade por meio da bíblia e o homem tem liberdade para andar segundo a vontade de Deus ou não. Quando opta por não fazer a vontade declarada de Deus, isso se chama pecado. A conseqüência dessa escolha ainda é a mesma: a morte.

Entretanto, a morte normalmente é precedida de um processo em que a vida do homem vai declinando aos poucos. O pecado é como a doença que vai tirando a vida do homem aos poucos até culminar em sua morte.

Portanto, vejamos o que a bíblia afirma ser conseqüência da opção pelo pecado. Vamos utilizar como exemplo a declaração de Davi, quando, consciente de seu pecado (Sl. 51:3-4), reconhece sua situação diante de Deus. O pecado, então:

1 – Mancha o homem – Sl 51:2, 7 e 10

2 – Deixa-o infeliz – Sl 51:8 e 12

3 – Afasta-o da presença de Deus e entristece o seu Santo Espírito  – Sl 51:11

4 – Tira a paz e a alegria – Salmos 51:12

5 – Afeta o testemunho perante o mundo – Sl 51:11-13

6 – Cerra a boca para o testemunho e louvor a Deus – Sl 51:14-15

7 – Leva ao juízo e condenação – Sl 52

8 – É perdoado quando confessado honestamente – Sl 51:17

 

Conclusão:

Se estamos sentindo em nosso corpo e em nossa alma as conseqüências da nossa vida de pecados, basta tomar o remédio oferecido por Deus (arrependimento, confissão, renúncia – 1 Jo 1:9) e então sentiremos uma completa restauração para que daqui por diante possamos cumprir com a vontade de Deus. Em Jesus, Deus nos reconciliará (Cl 1:22) e nos dará saúde e vida para o nosso corpo e alma (Ef. 2:1 e 5 – Cl 2:13 – Is. 53:4-5).


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!